Paulo Henrique Rodrigues Pinheiro

Blog sobre programação para programadores

Ela

Amor


Brilho, alegria, beleza.
Mas agora não,
É o frio, o silêncio, a solidão,
a saudade, a angústia, o medo.
É a luz e a escuridão.
O amor e suas leis:
Não há sempre, não há nunca.
O eterno esperar, o breve gozar.


Compartilhe:



Mantenha contato:

e-email twitter github